Divergências no preço do botijão de gás em nossa região causa estranhamento

Publicado por

Preço do gás de cozinha sobe em todo país, mas a diferença nos preços em nossa região chama atenção

Alguns questionamentos sobre a discrepância de valores do gás de cozinha estão circulando nas redes sociais. Nós da Folha da terra entramos em contato com algumas distribuidoras para fazer as devidas averiguações. O que se percebe é que, de fato, houve um aumento no preço do gás de cozinha em todo território nacional.

Ontem a Petrobrás anunciou uma redução no preço de gás industrial, mas o botijão de cozinha, provavelmente, vai sofrer reajuste somente em abril.  De acordo com a Agência Nacional de Petróleo(ANP) o preço médio pago pelo consumidor, subiu na primeira semana de janeiro de R$55,74 para R$65,65. Esse aumento vem sendo uma frequente durante todo o mês de fevereiro.

Entramos em contato com algumas distribuidoras de nossa região e verificamos que há, sim, uma discrepância nos valores do gás. Em Fervedouro, foi o local onde encontramos os preços mais baratos, o botijão de 13 kg sai por R$65. Porciúncula, Natividade e Muriaé, 70 reais. Carangola, Espera-Feliz a média dos preços é de R$82.

Por que o preço do gás vária tanto dentro do mesmo território?

Entre os fatores que vão interferir no custo final é o valor de venda do gás Liquefeito de Petróleo (GLP, o nosso conhecido gás de cozinha) da Petrobrás na refinaria.

No site do Sindicato das Empresas de Atacado e Varejo de Gás Liquefeito de Petróleo (SINEGÁS), encontramos uma entrevista com Sergio Bandeira de Mello, presidente do órgão. Ele explica que as distribuidoras vendem muito mais do que o produto “Isso porque, ao contrário de outros serviços, o gás de cozinha é fornecido por várias distribuidoras e revendedoras que podem cobrar mais caro ou mais barato pelo serviço, dependendo dos gastos que elas têm e até do lucro que planejam conseguir.”

Ainda, segundo o especialista, as distribuidoras podem optar em repassar ou não o aumento das refinarias para o consumidor. Muitas delas optam por não subir o preço final e diminuir sua margem de lucro. Cabe ao consumidor analisar sempre as ofertas e melhores opções.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s