UEMG Carangola inicia ano letivo com todas as vagas preenchidas

Publicado por

2018 começa com o pé direito para a UEMG Carangola. Todas as vagas disponíveis foram preenchidas este ano

“Sempre ouvi dizer que a UEMG forma ótimos profissionais. Quando ela veio pra minha cidade, não perdi tempo e me inscrevi”, comenta o aluno do curso de história João Pedro Millen, de 28 anos. Desde 2013, quando estadualizou, a UEMG Carangola tem abraçado os seus estudantes e impulsionado eles a serem grandes profissionais. Hoje (5), mais um ano letivo se inicia e mais pessoas estão ansiosas para começarem a realizar sonhos.

No primeiro ano, foram mais de dois mil inscritos. Atualmente, nas mãos do diretor Braz Cosenza, de 53 anos, esse campus chegou no limite de vagas preenchidas. São quase 2.400 alunos matriculados nos dez cursos disponibilizados. O curso mais disputado é, sem dúvida, o de administração. “Agora estamos analisando a abertura de enfermagem aqui. Todos os nossos cursos são noturnos, mas nesse caso poderá ter uma turma diurna”, conta Braz.

O diretor é também professor de biologia. Ele é um dos magistrados amados pelos estudantes. A bióloga Letícia Filgueiras, de 23 anos, teve nele um orientador com base para transformar a sua visão. “Os professores são excelentes! Têm ótimos projetos científicos contando com a participação da turma como estagiária. Até mesmo depois da formação, eles nos ajudam a entrar no campo de trabalho sempre que podem. Mas foi o Braz que foi minha principal base para contribuir com a minha trajetória dentro da UEMG”.

Ele não foi o único a inspirar as pessoas para as quais leciona. A professora Antonia Gomes foi a ponte que a pedagoga Marcela Teixeira, de 27 anos, precisava para completar os estudos com a nota máxima na monografia. “Ela me ajudou muito no lado pessoal também. A postura tranquila e certeira que eu teria que ter na hora da apresentação foram dicas dela”, explica Marcela. Como referência em sua área, a ex-aluna leva Maria Emília Barone como a grande inspiração dentro da pedagogia na região.

Não só de bons mestres vive a UEMG Carangola. A estrutura do espaço faz com que todos tenham uma experiência gratificante. João Pedro se surpreendeu com o que encontrou ao iniciar sua jornada há quase quatro anos. “É bem organizada e os funcionários são todos muito atenciosos com os alunos”, recorda ele, que começa agora o seu último ano na faculdade.

Para os que vão dar o play nessa nova etapa hoje à noite, a Folha da terra deseja sorte e foco nos estudos porque, como podem ver, vocês estão em boas mãos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s