Professor do Contexto é premiado por método inovador de ensino

Publicado por

Ele não se conforma. Ele vai lá e muda tudo. Vira o mundo de cabeça pra baixo e volta a explicar tim-tim por tim-tim todos os fenômenos da física de um jeito único

Foguetes, garfos tortos para mostrar como opera o centro de gravidade, lâmpadas coloridas para ensinar como age o reflexo das cores que enxergamos… Rodolfo de Souza é cheio de surpresas. Jovem, dinâmico e completamente apaixonado pelo mundo da física, ele hoje, aos 30 anos, é professor do Contexto e começa a fazer a sua coleção de prêmios.

Embora ele nunca tivesse tido problemas em aprender exatas (bom, diz ele que apesar de ter sido da turma do fundão na época da escola, sempre foi um aluno muito concentrado), percebe que o problema de abstração e compreensão da matéria vem desde a nossa época de ensino médio, no início dos anos 2000. “A física é muito interessante, mas as pessoas só enxergam isso quando é algo mais palpável. Às vezes são experimentos simples, mas os estudantes ficam entusiasmados por verem que aquela teoria serve para tal prática. Porque quando eles olham só fórmula no quadro e não veem para o que serve, aí não se torna uma aprendizagem significativa”, explica Rodolfo sobre seu método de ensino.

Não é só ele que acredita nessa didática. A aluna do Contexto Carangola Kissyla Reis, 17, já amava física, mas ao estudar com o Rodolfo no curso de pré-ENEM, ela se deu conta que vários dos seus colegas foram conseguindo compreender o mundo da física bem melhor. “É rotineiro escutar outros amigos elogiando ele. Em geral, não são todos que possuem afinidade com a matéria, mas o Rodolfo consegue chegar no aluno mais desatento e o faz entender o conteúdo”, revela a estudante.

Essa maneira de ensinar nada tradicional tem ganhado a atenção da galera dentro de sala. “Por vezes é difícil assimilar o conteúdo porque toda aquela teoria parece distante demais da nossa realidade. Entretanto, o Rodolfo possui uma didática muito leve e objetiva. Ao decorrer da aula, ele sempre realiza umas experiências loucas e elas ajudam a fixar o conteúdo. Não basta decorar as fórmulas, mas saber aplicá-las no momento certo”, complementa Kissyla.

VEM NI MIM, PRÊMIO!

contexto-carangola-espera-feliz-premio-sedu-2017-autora-mayra-russo-foto-divulgacao-seduFoi justamente quando ele quis sair da mesmice dos métodos tradicionais de ensino que a premiação do estado do Espírito Santo caiu como uma luva em uma das suas ideias. “Como também trabalho em Guaçuí (ES), fiz a inscrição para participar do ‘Prêmio SEDU de Boas Práticas’ no ano passado e acabei sendo contemplado pelo 2° lugar na competição de ‘Uso de Tecnologias na Sala de Aula’. Ganhei com uma prática conhecida como IPC (Instrução Pelos Colegas), que consiste no professor propor questões para os alunos, aí eles votam na resposta que acreditam ser a correta. Mediante a porcentagem de acerto, coloco os alunos para discutirem entre eles ou eu volto a explicar as questões.” Essa foi, inclusive, a tese dele de mestrado.

O cara é mesmo ligado nas novas tecnologias! Ele desenvolveu um aplicativo que os alunos enviam dentro de sala o resultado para o computador do professor. Se a taxa de acerto for de no mínimo 70%, os estudantes debatem sobre o assunto entre eles. Se for de até 30%, Rodolfo volta a explicar a matéria. E não é que essas ideias têm dado resultado?!

Quem diria que aquele cara novinho que começou a trabalhar no Contexto quando a professora e proprietária, Ludimila Bevilaqua, 48, fazia grupos de estudo com apenas seis alunos, estaria agora com em torno de cem (isso considerando somente o pré-ENEM) jovens cheios de ambição e fome de aprendizado? Ouso afirmar que a famosa tia Ludi com certeza já falava (e acreditava!) sobre o talento que crescia ali.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s