Eleições 2018: as propostas dos candidatos para saúde

Publicado por

A poucos dias da eleição, nós, do Folha da terra, iremos continuar a apresentar as propostas dos candidatos mais bem colocados nas pesquisas eleitorais. Hoje apresentaremos algumas propostas de 5 candidatos no que se  refere à área da saúde

Ciro Gomes (PDT)

  • Diminuir a espera aos atendimentos ambulatoriais, realização de exames e cirurgias.
  • Ampliação do programa Mais Médicos (programa  implantado  em 2013, pelo governo Dilma, que visa suprir a carência de médicos em cidades do interior e nas periferias). O candidato, porém, afirma que a ampliação deve ser feita com médicos brasileiros.

“O Mais Médicos será mantido e ampliado, só que quero fazê-lo com médicos brasileiros. (…) Um país como o nosso, do tamanho que somos, trazer médicos de fora é meio um constrangimento”, relata Ciro em entrevista à Rádio Bandeirantes.

  • Iniciar novo projeto industrial no que diz respeito à produção de medicamentos no Brasil

“O Brasil precisa celebrar um novo projeto industrial para ganhar autonomia na produção de insumos para a saúde, deixando de comprar lá fora, com dinheiro dos brasileiros, que poderia gerar empregos aqui”, disse o candidato em debate pela TV Aparecida.

  • Aumentar o investimento em campanhas de vacinação e prevenção

Marina Silva (REDE)

  • Recuperação do Sistema Único de Saúde (SUS), melhorar os postos de saúde e investir em médicos.
  • Utilização de tecnologia para aprimorar o atendimento no SUS, criando uma base única de dados dos pacientes. Realização e marcação de consultas por meios eletrônicos.

“Para isso, utilizaremos novas tecnologias para modernização dos serviços, como o agendamento de consultas por meio eletrônico e a criação de uma base única de dados do paciente, com objetivo de estabelecer um prontuário eletrônico que permita o acompanhamento integrado por diferentes profissionais da saúde” Ressalta a candidata em seu plano de governo.

  • Fortalecimento de políticas que melhoram a qualidade de vida. Como, por exemplo, a redução da violência, a alimentação saudável, diminuição do uso de agrotóxicos.

“Dizem que o agronegócio tem medo de mim. O agronegócio comigo deveria estar sorrindo como você sorri, porque você entende para onde as coisas estão indo”, afirmou a candidata quando questionada por jornalistas.

Jair Bolsonaro (PSL)

  • Continuação do  programa Mais Médicos,  porém se aprovados no Revalida

“Nossos irmãos cubanos serão libertados. Caso sejam aprovados no Revalida, passarão a receber integralmente o valor que lhes é roubado pelos ditadores de Cuba” afirmou o candidato em discurso

  • Incluir profissionais de educação física dentro do programa saúde familiar No intuito de combater o sedentarismo, a obesidade e suas consequências.
  • Ampliar a carreira de médicos do Estado, auxiliando o atendimento em áreas carentes e remotas do nosso país.

“Vamos criar a figura do médico de Estado, com salário compatível, e para as regiões, caso o médico queira ir pra lá, ele já sabe qual é o salário dele. E o salário vai ser mais que atrativo, tenho certeza.” Relatou o candidato em vídeo.

Geraldo Alckmin (PSDB)

  • O candidato aposta  na ampliação do Programa Saúde da Família
  • Utilização de tecnologia para aprimorar o atendimento no SUS, criando uma base única de dados dos pacientes. Realização e marcação de consultas por meios eletrônicos.

“A digitalização de dados, a implantação de um cadastro único de todos os usuários do SUS e a criação de um prontuário eletrônico com o histórico médico de cada paciente, são passos fundamentais para melhorar a qualidade do atendimento na saúde e combater desperdícios”, diz seu plano  de Governo

  • Aumentar ações de prevenção a gravidez precoce  e total apoio e acompanhamento em caso de gestação

“Vamos fomentar ações voltadas à prevenção da gravidez precoce, adotando estratégias educativas de sensibilização de adolescentes e apoio integral no caso de gestação” diz seu plano de Governo.

Fernando Haddad  (PT)

  • Criação da  Rede de Especialidades Multiprofissional (REM), com polos em várias regiões do país, com a finalidade de atender a ausência de consultas, exames e cirurgias médicas.

“Estimulará ainda a inovação na saúde, ampliando a aplicação da internet e de aplicativos na promoção, prevenção, diagnóstico e educação em saúde”, diz o plano de Governo.

  • Utilização de tecnologia para aprimorar o atendimento no SUS, criando uma base única de dados dos pacientes. Realização e marcação de consultas por meios eletrônicos
  • No que diz sobre saúde da mulher, o candidato defende o parto humanizado, normal e seguro. Além de combater os casos de violência obstétrica e discriminação dentro do Sus.
  • Criação de um Plano Nacional para envelhecimento ativo e saudável

” Entendendo que todos os serviços públicos devem ser preparados para o respeito à pessoa humana em todas as fases de sua vida, vamos implementar o Plano Nacional para o Envelhecimento Ativo e Saudável.” diz o plano de Governo.

 Foto/reprodução: Politize

*Algumas informações  foram retiradas do site BBC.COM

resumo-autores-pedro-ewers-folha-da-terra-carangola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s