Carangolenses levam Ciro e Haddad pro segundo turno

Publicado por

Fizemos uma pesquisa no instagram da Folha da terra e nossos leitores votaram no candidato que vão eleger no domingo (7)

Na terça-feira (3), colocamos no ar uma pesquisa para saber em qual candidato os nossos leitores votarão no próximo domingo (7). De acordo com a enquete feita no instagram da Folha da terra, a maioria da galera de Carangola e região elege Ciro Gomes para presidente. Junto com ele, passaria para o segundo turno Fernando Haddad. Mesmo após a carreata feita no último fim de semana em apoio ao Bolsonaro, o candidato ficou em terceiro lugar na pesquisa e não passaria para o segundo turno.

Essa é uma realidade um tanto quanto diferente da que acompanhamos diariamente nas pesquisas feitas a âmbito nacional. Diante dessa disputa entre Bolsonaro (com seus discursos polêmicos e, por vezes, preconceituosos) e o PT (com a corrupção que, juntamente com outros partidos, tomou as manchetes do Brasil), o advogado Gabriel Dutra, 30, vê um novo começo de era nas mãos do Ciro.

“O Brasil não aguenta mais essa confusão onde entra coxinhas e mortadelas, brigando a beira de um precipício e a população inteira assistindo de braços cruzados pra ver se vai ser governado por um maluco de direita ou por um poste do Lula, outro presidente por procuração. Acho o Ciro o mais bem preparado. Apesar de ele ser truculento e ainda ter enraizado aquela coisa do coronel do nordeste, analisando as propostas de governo, ele é o mais preparado para assumir o país”, Gabriel

Apesar de muitos carangolenses estarem correndo dessa disputa entre esquerda e direita, Haddad ainda é uma possibilidade para muitos. A secretária Míriam Morando, 60, vai de 13 este ano. “Mesmo após os escândalos do PT, vejo a candidatura do Haddad com bons olhos, pois o currículo dele atende todos os requisitos para a investidura do cargo. Seu caráter também é algo levado em conta, assim como sua vida pública vivida com competência, haja visto o prêmio internacional conquistado como melhor prefeito do mundo e a atuação no Ministério da Cultura”, analisa a carangolense.

Do outro lado da rixa está o estudante de direito Ronaldo Macedo, 18. Apesar do Bolsonaro já ter dado depoimentos misóginos, racistas e homofóbicos em rede nacional, Ronaldo acredita que Bolsonaro irá trazer igualdade para a população. “Vai continuar como deve, uma vez que, como garante nossa CF/88, todos devem ser iguais perante a lei, então todos devem ser tratados de forma igual e não deve ser dado privilégios a essas minorias. Acredito que durante seu governo a igualdade será estabelecida”, explica o carangolense. As razões para ele votar no número 17 nessa eleição vão além das polêmicas viralizadas nas mídias.

“Voto no Bolsomito por ele ser um político com ideologia econômica liberal, patriota, por prezar pela redução do estado (enxugamento de cargos), ser ficha limpa e não investigado por escândalos de corrupção, por ter como proposta a redução da maioridade penal e por ser contra o estatuto do desarmamento”, Ronaldo

ENTRE MORTOS E FERIDOS

Entre esquerda, direita, truculências e muita, mas muuuita polêmica, está a galera que não vê solução nos candidatos à presidência em 2018 e vai anular o voto. Já outros, como a estudante de farmácia Clara de Lacerda, 22, estão preocupados por terem que justificar nessas eleições.

“Me preocupo muuuito por não votar. Na verdade, a minha palavra nem é preocupação, é medo! Fiz a burrice de não transferir o meu título pra cá e estou extremamente arrependida por isso. Ainda mais nessa situação atual, vendo as intenções de voto, vendo os candidatos que estão com favoritismo. Ver o extremismo, ver as pessoas atacando umas às outras… Isso não era pra acontecer. O brasileiro não tem que pensar no individual, como a maioria está pensando. Tem que pensar no coletivo! Esse auê todo só está gerando mais ódio e isso está encaminhando para um presidente que espalha muito ódio. É muito triste”, Clara

Entre mortos e feridos, durante essas propagandas políticas, está o desejo do carangolense Gabriel de ter um Brasil unido votando no número 12, com mais compaixão e amor pelo próximo, como quer a Clara. “Espero que o Ciro, sobretudo, una o país, o que dificilmente seria feito pelos candidatos do PT e do PSL.  Confio que ele fará a tão necessária reforma fiscal, de modo a cobrar mais de quem tem mais e menos de quem tem menos”, acredita o advogado.

Depois dos debates televisionados, dos depoimentos dados aos jornais, da vida política significante ou não dos candidatos, é hora de você votar com consciência. Diante dos argumentos expostos nessa matéria, a gente só tem um pedido a fazer nessas eleições de 2018:

MAIS AMOR, POR FAVOR 

 

resumo-autores-mayra-russo-folha-da-terra-carangola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s