Carangolenses dão água e ração para animais de rua

Publicado por

O problema é que nem sempre as pessoas deixam as vasilhas lá onde a galera colocou

No Dia Nacional dos Animais, temos o orgulho de trazer exemplos da cidade que se doam diariamente para todos os bichinhos, independente da raça que tenham. A Maria Cristina Bertolaci, 52, mais conhecida como Kiki, é apaixonada por animais. A empresária tem dois cachorros, um deles resgatado da rua, um gato, oito periquitos e mais dois dogs que vivem seguindo ela por aonde vá. Por essas e outras que seu coração partiu ao meio quando viu cães buscando na Kiki Biju um abrigo para se refrescarem do calor que faz nas ruas. Foi aí que ela resolveu agir.

“Desde quando a loja era na rua Marechal já havia essa necessidade de deixar água para os cachorros de rua, assim como ração, pois quem ama cuida e não vê distinção de raça”, Kiki

dia-nacional-dos-animais-de-rua-carangola-noticias-folha-da-terra-autora-mayra-russo-foto-arquivo-pessoal

A estudante Júlia Souza, 24, via muitos cachorros sem donos pela sua rua, na região central de Carangola. Num daqueles dias cheios de poças d`água, ela se deparou com um cão bebendo água de chuva parada. Ela se arrepiou na hora e decidiu que iria fazer algo pra mudar aquela situação. “Colocava (a vasilha com água) em um lugar que não atrapalhava a passagem de ninguém, num canto que desse para eles beberem”, explica ela que sempre deixava água para eles perto do seu prédio, mas a vizinhança não ajudava. É como diz o ditado, “muito ajuda quem não atrapalha”.

“O dia que percebi que meus vizinhos estavam jogando a vasilha fora foi quando subi pra colocar a água e logo em seguida desci para sair de casa, mas o pote já não estava mais ali”, Júlia

Mesmo assim ela não desistiu. “Já coloquei o pote em vários outros lugares e mesmo assim percebia que jogavam fora. Até mesmo em um beco sem saída ao lado do meu prédio e mesmo assim já não estava mais lá. As pessoas estão cada vez mais desumanas, não pensam nos próximos, quem dirá nos animais”, conta indignada. Assim como esses dois exemplos, temos tantos outros que deixam na entrada de suas lojas ou nos arredores de suas casas alimentação e água para os animais de rua, afinal, eles também são serem vivos e merecem ser tratados como tal.

WhatsApp Image 2019-03-14 at 15.47.01

Fotos: arquivo pessoal da Kiki e da Júlia

 

resumo-autores-mayra-russo-folha-da-terra-carangola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.